Dúvidas sobre cores, tecidos, comprimento e o que pode e o que não pode usar no vestido de madrinha? A gente te ajuda!

Primeiramente a gente te pergunta: você já foi convidada para ser madrinha de casamento? Caso a resposta seja positiva, com certeza entende as dores e delícias que é receber o convite e participar, lá do altar, do momento mais feliz da vida de um casal.

Mas, do contrário, se a resposta for negativa, senta aqui, vamos conversar!

Nós, da Inesquecível Casamento, sabemos o quanto pode ser difícil escolher o vestido de madrinha para o casamento. Ainda mais em uma primeira vez! Entre um sem-fim de pedidos dos noivos, além de cores, tecidos e tamanhos, seguidos dos clássicos “pode” e “não pode”, você precisa achar a alternativa perfeita.

Parece desesperador, né?

Porém te garantimos que esse caminho, apesar de difícil, tem sim muita beleza: é só estar munida de informações para fazer a escolha certa tanto para você se sentir linda, quanto para seguir os protocolos do evento – se esse for o caso.

Por isso trazemos hoje um post recheado de dicas para te ajudar na missão de encontrar o vestido de madrinha perfeito, seja pra qual for o estilo dos noivos e/ou do casamento.

Vamos juntos?

Tudo sobre vestido de madrinha - Foto Elements Envato

SOBRE AS CORES

Em um bate-papo com a Carol Hungria, a estilista (que recentemente participou do podcast IC) destacou que há alguns anos estamos na fase da paleta de cor específica para os looks. “Como as noivas têm gostado daquela foto mais coordenada, com as madrinhas todas arrumadas no altar, acabam optando pela cartela de cor. Muitas seguem com as cores iguais, como, por exemplo, um só tom de rosa para o vestido das madrinhas. Enquanto outras preferem fazer uma cartela mais ampla e mesclar alguns tons”, explica.

Se o seu caso for o primeiro, o maior conselho que te podemos te dar é: siga o desejo dos noivos. Informe-se sobre todas as variações e tons permitidos para não fazer feio, muito menos destoar da estética do casamento. Afinal, consideração é a forma mais genuína que se tem para retribuir um convite feito com tanto carinho e afeto.

Em contrapartida, se te dão total liberdade para escolher a cor que bem entender, capriche na produção e certifique-se que você estará a melhor versão de você mesma: linda de dentro pra fora e de fora pra dentro!

“Eu sou da política de que para cada pessoa funciona de uma forma. Então acredito que liberar as madrinhas é ótimo, porque os noivos acabam deixando todas à vontade para usar o que gostam de verdade. E convenhamos: a foto vai continuar sendo linda, porque todas estarão arrumadas e prontas para o casamento”
Carol Hungria

Tudo sobre vestido de madrinha - Foto Ricardo Hara

Também vale lembrar que existem aquelas cores evitáveis, tipo branco e off-white. Caso não estejam indicadas como o dress code do casamento, é indelicado e pode causar constrangimentos no altar. Da mesma forma, se certifique que não existe uma cor única reservada para as mães e demoiselles, por exemplo.

SOBRE MODELOS

Muito importante lembrar que alguns casais também podem pedir modelos específicos, por isso preste muita atenção nas instruções passadas por eles.

Agora se não houver nenhum pedido especial, o que mais podemos falar para você além de escolher o modelito que mais valoriza sua silhueta?! Go on, girl! Conheça seu corpo e escolha os detalhes que valorizem sua beleza – ou escondam o que te incomoda, se esse for o caso.

SOBRE TECIDOS

Para nós, a parte mais legal de ser madrinha é que os tecidos não têm muita restrição – a não ser que, assim como a cor e o modelo, seja uma exigência dos noivos.

Caso contrário, Carol relembra que está super em alta um visual mais liso, feito em tecido nobre como mousseline de seda ou zibeline de seda. Nada de muita renda, mas sim um bordado mais localizado, ou até um broche ou flor pra arrematar.

Ainda assim, se não abrir mão de um tecido estampado, só tenha cuidado para evitar peças chamativas, com desenhos muito grandes e cores muito fortes. Modelitos assim podem ser ótimas escolhas para cerimônias de dia, na praia ou no campo.

Tudo sobre vestido de madrinha - Foto Elements Envato

SOBRE DECOTES

Os decotes são sempre bem-vindos. Mas se seu vestido de madrinha contar com um mais generoso, não esqueça de deixar de standby uma echarpe, casaco ou até pashmina para a cerimônia religiosa, como sinal de respeito – e também precaução.

SOBRE COMPRIMENTO

Ainda segundo Carol Hungria, aqui valem as regras básicas do bom senso – apesar de sempre ser uma defensora do modelo longo. “Para usar um vestido curto em uma festa, só mesmo se você tiver essa indicação no convite. Eu, particularmente, acho que não fica tão elegante na grande maioria dos eventos”, ressalta.

Também vale lembrar que o comprimento do vestido longo sempre tem que ficar a um centímetro do chão, tá? Afinal, não queremos ver ninguém tropeçando no vestido enquanto caminha pela nave.

SOBRE ACESSÓRIOS

As bolsas, sapatos e demais acessórios devem estar em harmonia não só com seu look, mas também com a ocasião. Se o evento for de dia, por exemplo, aposte em algo mais discreto. Por outro lado, se for à noite, não tenha medo de usar e abusar dos brilhos e aplicações.

DICA EXTRA! Se a peça for clara, evite sandálias e sapatos pretos. Porque, além de deixar o visual pesado, pode acabar chamando mais atenção para os pés do que para o vestido de madrinha.

Tudo sobre vestido de madrinha - Foto Elements Envato

Por último, mas não menos importante, registre! Um vestido de madrinha deve estar de acordo não só com o que foi proposto pelos noivos, mas também (e principalmente) com a ocasião e estilo do evento. Use essas informações a seu favor e temos certeza: seu look será um sucesso!

Depois conta pra gente aqui nos comentários qual foi (ou será) sua escolha de vestido de madrinha, combinado? E não deixa de acompanhar mais novidades no Instagram da IC!


CRÉDITOS

1, 2, 4 e 5. Elements Envato | 3. Ricardo Hara

Deixe seu Comentário