Na odontologia transdisciplinar buscamos levar ao nosso paciente o mais alto nível nos procedimentos e resultados, objetivando tratamentos com longevidade e qualidade. Durante nossa avaliação são observados diversos pontos em relação ao paciente como estrutura e qualidade óssea, harmonização do tamanho dos dentes, assim como o prognóstico detalhado de cada dente que entra neste planejamento.

Em alguns casos necessitamos realizar cirurgias em áreas estéticas, ou seja, em regiões de maior visualização, como os incisivos, os dentes da frente. Muitos pacientes têm receio quanto à realização de cirurgias em área estética com medo de que não tenham sucesso. Cirurgias em áreas estéticas necessitam de muita delicadeza na manipulação dos tecidos, deve-se respeitar as técnicas cirúrgicas e ter muito cuidado com a realização dos pontos. O mais importante a se fazer antes de realizar uma cirurgia em área estética, é traçar um planejamento detalhado com o passo a passo da cirurgia, buscando ter em mente como o paciente ficará no final do procedimento. São nomeadas cirurgias estéticas: Gengivoplastia (remoção de excesso de gengiva para harmonização do sorriso com intervenção em estrutura óssea), Gengivectomia (remoção de excesso de gengiva para harmonização do sorriso sem intervenção em estrutura óssea), Melanoplastia (remoção de pigmentos da gengiva para harmonização da coloração da gengiva do paciente ), Recobrimento Radicular (colocação de enxerto gengival nas áreas com retração de gengiva) e Implantes dos incisivos e caninos (normalmente instalados concomitante com enxertos de tecido e provisórios sobre implante bem polidos com o objetivo de manter o perfil gengival bem delimitado). Para que estar cirurgias aconteçam com perfeição o uso dos instrumentais com os melhores cortes e refinamento são essenciais, além de fios de sutura de diâmetro extremamente finos. Novas tecnologias têm permitido cirurgias ainda menos traumáticas como o Microscópio Zeiss, que permite ao cirurgião dentista uma visão 40x aumentada da área cirúrgica, dando uma maior visibilidade de cada movimento. O ultrassom Piezossonic, que permite o corte na gengiva sem sangramento ou trauma, impedindo um pós-operatório doloroso.

E por fim o Laser Cirúrgico, um bisturi a laser, que delimita a área operada realizando as incisões e ao mesmo tempo cauterizando a área, impedindo o sangramento durante a cirurgia, o que facilita a visualização do operador. Confie não só a área estética, mas seu sorriso como um todo, há quem tem experiência no assunto, conte conosco para conquistar seu mais belo sorriso.

Veja o casamento do Yuri e da Camila em Santorini. O noivo foi tratado pelo Dr. Veit e ficou com o sorriso perfeito!

Deixe seu Comentário