Para que ter um casamento igual ao de todo mundo, se você não é igual a todo mundo. Tendência, referência e inspiração são legais e importantes, mas elas não precisam ser uma obrigatoriedade. O assunto hoje é diversidade.

Local: Casa dom pedro
Organização: Suane Ayres
Fotografia: Carol Ottolini
Grinalda e brincos: Nat co Bride
Beleza: Thai Medeiros
Terno: Sr Noivos

Que tal se no lugar de copiar, a gente adaptar, pensar em como aquela característica – seja do vestido, da decoração ou da festa em si – pode se adaptar a quem você é, à sua essência?

Antes de começar a pensar no seu casamento, pense no que realmente você gostaria que tivesse nele. Pense no lugar, na decoração, no seu vestido, em como você se vê entrando no altar… E aí, depois que tiver tudo em mente, procure referências que coloquem em imagens o que você pensou. E não o contrário.

Não comece pela referência para poder definir a sua essência. Assim fica mais fácil de encontrar o seu caminho do casamento perfeito e também fica mais claro ao procurar os seus fornecedores ideais. Se você é plus size, por exemplo, e quer um vestido feito com carinho e amor para você, não adianta procurar um estilista que só posta foto e é especialista em vestir noivas magras e altas, pois ele não vai entender os seus anseios e o que você realmente passou para chegar até li.

Foto: Aszman
Make: Thai Medeiros
Local: Espaço Barcelona

Foto: Aszman
Make: Thai Medeiros
Local: Espaço Barcelona

 

Pare, pense, reflita e aí vá em busca do seu casamento e dos seus fornecedores dos seus sonhos.

Deixe seu Comentário