O amor não escolhe cor, credo ou religião. Não escolhe sexo e nem nível de instrução.

Quem somos nós para mandar no amor?
O amor é como uma complexa teia invisível de energia que conecta pessoas umas às outras e dá aquele sentimento gostoso de plenitude. E essa pode ser uma conexão entre mulher e homem, mulher e mulher, ou homem e homem. E por que não? Amar e ser amado é a melhor sensação!
Já reparou que quando estamos amando somos mais felizes e completos? Parece que a vida caminha pra frente com passos mais leves e largos, porque juntos sempre podemos chegar mais longe.
Quando estamos em um relacionamento que nos faz bem, não nos sobra tempo para guerras e brigas. Amor nunca é demais, e impedir que os outros amem é querer propagar o ódio e intrigas.
Ser feliz é para todos, e todos somos iguais. Amar não é pecado. Pecado é impedir a alegria dos demais.
Dia Internacional do Orgulho LGBTI  tem o principal objetivo de conscientizar a população sobre a importância do combate à homofobia para a construção de uma sociedade livre de preconceitos e igualitária, independente do gênero sexual.
A Inesquecível Casamento conta histórias de amor e preza pelo respeito à diversidade. 

Deixe seu Comentário