Céu, mar e alguém para amar: esse pode ser o cenário perfeito para os noivos que desejam celebrar seu casamento na praia! 

Organizar essa logística pode parecer um grande desafio, porém com as dicas que separamos, o planejamento do seu casamento na praia ficará muito mais fácil.

Continue esta leitura e saiba todos os detalhes que esse tipo de evento pede. 

Comece pelo planejamento financeiro

Planejar a troca de votos é trabalhoso e requer muita conversa para que as duas partes fiquem satisfeitas.

No entanto, seu orçamento é que vai ditar o que terá no seu casamento, sendo assim opte por fornecedores que já têm experiência neste tipo de evento, isso pode evitar contratempos e desperdícios.

Uma outra dica é buscar referências de fornecedores do local em que deseja realizar seu casamento na praia, assim você pode economizar no deslocamento deles.

De todo modo, converse com o seu par e deixe tudo às claras. Ter um planejamento financeiro correto e realista pode ajudar a equilibrar possíveis imprevistos com mais leveza e sem frustrações. 

A escolha do local para o casamento na praia

Casar na praia cria aquele clima romântico e ainda traz a sensação de liberdade com um toque de informalidade.

O cenário de tirar o fôlego com a vista para o mar, geralmente sob o pôr do sol, conquista noivos e convidados. Porém, um ponto a ser considerado ao optar por um casamento na praia é a vulnerabilidade à intempéries. 

O ideal é optar pelos meses menos chuvosos. No Brasil, por exemplo, há muita variedade de clima, então fiquei atenta às especificidades de cada região.

  • Sudeste: abril pode ser o melhor mês. As chances de chuva são maiores a partir de dezembro até o final de janeiro.
  • Sul: prefira o período entre abril e maio.
  • Norte e nordeste: apesar do calor praticamente o ano todo, evite meses como junho e julho.

Além disso, é importante estar ciente de que praias são públicas, mesmo que você tenha uma licença da prefeitura local — que é obrigatória para fazer seu casamento, ela ainda continua aberta ao público, o que pode gerar alguns inconvenientes durante a cerimônia.

No mais, certifique-se de que o local escolhido é pouco movimentado e evite fins de semana e feriados prolongados.

Do clássico ao criativo: você escolhe como será o seu convite

Fazer um casamento na praia abre um leque de possibilidades quando o assunto é estilo e  identidade visual

O convite será o primeiro contato que seus convidados terão com a sua festa, então você pode deixar tudo com a cara do casal, pegar algumas referências tropicais e ainda misturar com o estilo do casamento.

Aqui, abre-se espaço para a criatividade e personalidade dos noivos

Atenção ao conforto dos convidados

Já que falamos dos convites, certamente, não podemos deixar de falar dos convidados. Um casamento na praia requer cuidado com eles.

Pense que eles precisam estar confortáveis para curtirem seu casamento na praia tanto quanto você.

Pode ser de bom-tom ter um espaço de boas-vindas, onde os convidados têm água, suco e afins para se refrescarem.

Ainda na entrada, oferecer um leque personalizado ou até um protetor solar como lembrancinha cabe muito bem.

Além disso, fique atenta ao horário. O calor entre 10h e 14h pode gerar desconforto durante a cerimônia. Opte pelo fim de tarde, que o clima já está mais ameno e você ainda pode ser privilegiada com a luz natural de um lindo pôr-do-sol.

O traje ideal para um casamento na praia

O conforto precisa estar acima de tudo nesse tipo de cerimônia.

Para o vestido da noiva, opte por panos mais leves e, se você quiser algo mais chique, as rendas podem ser boas escolhas. Até um vestido curto fica bem para a ocasião.

Mas, se você tem o sonho de casar como um vestido princesa, por exemplo, um casamento na praia pode não ser a melhor opção: o peso e o volume podem ser grandes vilões e acabar estragando o grande dia.

Já para o noivo, pode-se criar um look descontraído composto por bermuda. Cores claras podem dar mais elegância e leveza. Materiais como o linho podem ser bem-vindos. Ah, um chapeuzinho também fica legal!

Ainda no convite, informe aos convidados qual será o dress code a ser seguido. Afinal, para um casamento na praia, a informalidade é mais apropriada.

Decoração e buffet 

Uma vez que o casal irá contar com um espaço natural de tirar o fôlego, tudo é válido. 

No entanto, a praia por si só já pede uma ambientação mais rústica. Porém, uma decoração colorida e descolada também é tendência. Aposte também em muitas flores e plantas.

Os fornecedores que ficam perto do mar, normalmente, já disponibilizam um mobiliário que combina perfeitamente com o estilo praiano.

Casar com o pé na areia, vista para o mar em um cenário incrivelmente lindo, sugere diferentes formatos e estilos. Adapte todos os detalhes à personalidade e estilos de vocês.

Essas dicas também servem para o buffet. Um casamento na praia pede comidinhas mais leves e refrescantes, como frutos do mar, peixes e outras delícias locais. Além de finger foods ou minijantar para que os convidados possam apreciar.

Logo, as bebidas que caem superbem são os sucos naturais e água de côco. 

Importante: pense em opções extras para pessoas alérgicas a frutos do mar e crianças.

Esses são apenas alguns pontos a se pensar para a realização de um casamento na praia. No livro Casando na Praia, escrito pela cerimonialista e entusiasta de casamentos na praia, Raquel Abdu, você tem acesso a um roteiro detalhado dos preparativos da cerimônia e da festa à beira mar, desde a lista de convidados até a logística necessária para que o casamento aconteça. 

Garanta o seu exemplar aqui e realize o seu sonho de casar na praia com perfeição.

Inspire-se nessa galeria de casamento na praia

Casamento na praia: tudo que você precisa saber

Fotos: Alexandre Fontenelle |D51 | Love Shake