Data 30 de setembro de 2020
Cerimônia e recepção Hotel Vila Santa Teresa

A pandemia do novo coronavírus provocou mudanças, mas nada que tirasse o brilho desse casamento judaico. Inspire-se!

Anna Guendler, 25, e Leonardo Gewertz, 25,  foram a Israel para um intercâmbio de trabalho, só não imaginavam que encontrariam o amor da vida. Os dois se conheceram em uma noite para brasileiros, em Tel Aviv. Dois meses depois, o namoro se tornou oficial. Um ano foi suficiente para o administrador pedir a namorada em casamento. O casal retornou à terra santa para passar as férias. Leonardo fez o pedido na mesma praia onde começaram a namorar. Foi total surpresa para  publicitária!.

O casamento foi marcado para 11 de junho, em São Paulo. Mas precisou ser adiado devido à pandemia. Passados alguns meses, os noivos decidiram fazer somente a cerimônia religiosa para 35 convidados, pois o casal se mudaria para Israel em pouco tempo. “Foi muito difícil no começo, pois não poderíamos ter os nossos amigos com a gente. Mas minha sogra e minha mãe compraram a ideia e correram atrás para fazer tudo acontecer”, conta a noiva. 

 

HIGHLIGHTS

  • Mudança de planos: como tudo ocorreria em São Paulo inicialmente, Anna e Leonardo planejaram um novo casamento em pouco menos de dois meses, no Rio de Janeiro, onde os dois moravam. O cerimonialista Ricardo Stambowsky foi fundamental para que o casamento judaico acontecesse no Hotel Vila Santa Teresa, com toda beleza que a ocasião merece e os protocolos de segurança necessários.

 

  • Look do dia: Anna fez o vestido de noiva com a Silvia Bottrel.  Apenas 15 dias antes do casamento, ela resolveu mudar. A estilista começou um vestido do zero e o resultado foi um delicado modelo rendado de mangas longas. “Como sempre a Silvia arrasou, o vestido ficou incrível”, relembra a noiva.

 

 

WE ♥ IT

Flores para que te quero: o casamento judaico seguiu uma decoração romântica, cercada de delicadeza. Para a cerimônia ao ar livre, Eugenia Guerrera apostou em móveis de madeira da Lona Cristal e em uma linda chupá de flores, em tons de rosa, lilás e verde, presentes também nos arranjos de mesa do salão. O toque final ficou por conta da vista privilegiada do Rio de Janeiro, que deixou tudo ainda mais lindo. “Amei o resultado, ficou mil vezes mais bonito do que eu sonhava”, ressalta Anna.

De comer rezando: o Ateliê Benoliel produziu um menu personalizado, inspirado nas tradições judaicas e com opções para diferentes paladares. Cardápio impecável da entrada à sobremesa.

Em breve: o casal não se arrepende de ter feito a cerimônia na Cidade Maravilhosa, antes de mudar de país. “Foi muito especial poder viver a nossa chupá só com a nossa família e curtimos cada segundo com quem estava lá. Foi uma energia surreal! Teremos o prazer de aproveitar uma super festa ano que vem com todos os nossos amigos”, enfatizam os recém-casados.


DICA DA NOIVA 

“Deixe os seus fornecedores fazerem o trabalho deles. Afinal, se você fechou com eles é porque confia no trabalho de cada um e sabe que eles farão o melhor para tudo sair perfeito. Entregue e confie!”

DICA DO NOIVO 

Passa muito rápido, então aproveite cada momento do dia.”

 

IC’ Serviços

fotos Renata Xavier | filmagem Nó de Gravata Films | cerimonial Ricardo Stambowsky | decoração da cerimônia e recepção Eugenia Guerrera |flores Orlando Ambrosio|velas|móveis Lona Cristal | sousplats Santeh | toldos, forrações e fechamento Lonarte Eventos | músicos da cerimônia e recepção Chazan Shai Stuber | bufê Ateliê Benoliel | cabelo e maquiagem Vivi Borlido Make up & Hair | vestido da noiva e véu Silvia Bottrel |grinalda e joias V,ore | buquê Ana Cavalcanti | alianças Dryzun |sapatos da noiva Lidu Calçados | roupa do noivo Woodlouse e Hugo Boss | sapatos do noivo Eurico Calçados | noite de núpcias Hotel Vila Santa Teresa

Deixe seu Comentário

Posts mais acessados

Casamento ao ar livre: Elis e Bruno
Casamento judaico: Mayra e Carlos Alberto
Mostra Niterói 2022: Vem aí